HOSPITAL

Emergência

unidade adulto

A Emergência do Hospital Aliança conta com equipes multidisciplinares  em regime de plantão 24 horas, que trabalham no atendimento inicial das situações médicas caracterizadas como emergência e urgência.

 

Emergência – Constatação médica de condições de agravo à saúde que impliquem em risco iminente de vida ou sofrimento intenso, exigindo, portanto, tratamento médico imediato. Resolução CFM N. o 1451/95

 

Urgência – Ocorrência imprevista de agravo à saúde com ou sem risco potencial de vida, cujo portador necessita de assistência médica imediata. Resolução CFM N. o 1451/95

 

Os pacientes mais graves são priorizados para o atendimento imediato. Para isso, é realizada uma triagem inicial pela equipe de enfermagem, seguindo as necessidades do paciente e o protocolo internacional de classificação de risco.

 

Entenda os níveis de gravidade por cor

Sem risco imediato para o paciente.

Baixo risco para o paciente.

Médio risco para o paciente.

Paciente instável, risco iminente.

Alto risco para o paciente. Atendimento Imediato.

 

 

Atendimento por equipes médicas especializadas

 

Os pacientes com doenças agudas necessitarão ser internados ou transferidos para unidades de atendimento especializado. Os pacientes triados como verdes e azuis recebem o primeiro atendimento médico e são orientados a seguir o tratamento com um especialista de sua escolha.

 

Em alguns casos, o médico da emergência poderá solicitar parecer de um especialista. A escolha deste profissional será uma decisão do paciente e sua família, que poderá optar por um médico vinculado ao seu convênio de saúde ou particular. Em ambos os casos, este profissional deverá estar cadastrado previamente no Hospital Aliança.

 

Conheça a equipe médica da Emergência Adulto

unidade infantil

A Emergência Pediátrica atende pacientes de 0 a 14 anos de idade em emergências e urgências. A equipe multidisciplinar tem experiência no atendimento emergencial e se mantém em permanente atualização voltada para a qualidade e segurança do paciente.

 

Para garantir a agilidade do atendimento médico, assim que a criança chega ao hospital, passa por um processo de triagem que determina o nível de gravidade da enfermidade.

 

Crianças classificadas como menos graves podem enfrentar espera variável de acordo com o volume de pacientes na emergência. A classificação de risco é calculada com base em protocolos internacionalmente reconhecidos e avaliados na triagem.

 

Entenda os níveis de gravidade por cor

Sem risco imediato para o paciente.

Baixo risco para o paciente.

Médio risco para o paciente.

Paciente instável, risco iminente.

Alto risco para o paciente. Atendimento Imediato.

 

Conheça a equipe médica da Pediatria