O carnaval chegou. É tempo de prevenção!

O carnaval chegou. É tempo de prevenção!

O Carnaval é uma festa que reúne condições que facilitam o adoecimento da população, sobretudo, no pós-folia. 

Por isso, é importante tomar alguns cuidados para evitar a transmissão das famosas viroses ou mesmo minimizar seus sintomas. Afinal, tantos dias de festa, aglomerações, excesso de atividades e pouco descanso, associado a noites “mal dormidas”, alimentação inadequada e baixa ingestão de líquidos, acaba por debilitar o sistema imunológico.

 

O infectologista do Hospital Aliança, Dr. Robson Reis, esclarece as principais dúvidas sobre o tema:

        1.      Quais são as doenças mais comuns no carnaval?

·         Viroses respiratórias: resfriado comum (nasofaringite) ou gripe (influenza).

·       Infecações de vias aéreas superiores: sinusites, amigdalites, faringites que por sua vez podem sem virais ou bacterianas.

·         Mononucleose (doença do beijo): mais comumente causada pelo vírus Epstein-Baar.

·         Conjuntivites.

·    Doenças diarreicas: podem ser por vírus, bactérias ou até mesmo não infeciosa (intolerância alimentar, mudança de dieta).

·         DSTs: HIV, hepatite B, hepatite C, Sífilis, Herpes.

 

       2.      O que fazer para evitá-las?

·         Se hidratar bem nos dias de festa.

·         Manter uma alimentação equilibrada.

·         Tomar cuidados com alimentos "de rua".

·         Repousar e garantir no mínimo 6 horas de sono.

·         Não compartilhar produtos de uso pessoal.

·         Evitar locais fechados.

·         Higienizar as mãos com água e sabão ou álcool gel.

 

3.      Vale a pena se vacinar contra a gripe antes do carnaval?

·         Sim, com certeza. Quem ainda não se vacinou é bom fazer.

 

4.      Quem deve procurar as unidades de pronto-atendimentos?

·         Adultos que apresentem febre alta, dor de cabeça persistente, sucessivos vômitos, prostração intensa e falta de ar.

·         Pessoas com dor abdominal intensa, febre alta, diarreia com mais de 10 dejeções ao dia ou presença de sangue nas fezes.

·         Pessoas com febre e manchas na pele ou sangramentos.

·         Mantenha atenção especial com crianças e idosos.

 

Tel. Comunicação: (71) 2108-5809 / 7818 / 7820 | E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Logo Anahp            Logo ONA
©2012 Hospital Aliança - Todos os direitos reservados