IMPRENSA

notícias

09/07/2019

Hospital Aliança adere à campanha pelo Julho Amarelo – Mês de prevenção às hepatites virais

As hepatites são inflamações do fígado que atingem milhões de pessoas por todo o mundo. Seja ela induzida por uso indiscriminado de medicamentos, fitoterápicos ou alguns chás, por doenças metabólicas como diabetes, obesidade e colesterol elevado, por uso excessivo de álcool ou hepatites virais, os diversos tipos de inflamação podem gerar a cirrose hepática e, inclusive, o câncer de fígado.

 

Por isso, neste mês de julho, o Hospital Aliança adere à campanha pela prevenção das hepatites virais e chama a atenção de seus clientes e funcionários através da iluminação amarela do Centro Médico Aliança, que possui uma localização central na cidade de Salvador.

 

“É importante chamar a atenção porque todas as doenças no fígado são, na maioria dos casos, silenciosas, ou seja, evoluem durante décadas sem nenhum sintoma clínico até que as inflamações já estejam gerando cicatrizes no fígado, chamadas de fibroses. A medida que elas evoluem, elas bloqueiam a passagem do sangue do fígado, causando a cirrose”, alerta o hepatologista e superintendente médico do Hospital Aliança, Dr. Raymundo Paraná.

 

Por causa disso, o hepatologista que é presidente da Associação Latino-Americana para Estudos do Fígado (ALEH) orienta que todos os indivíduos a partir dos 50 anos façam os testes AGHBS e anti-HCV para o diagnóstico precoce da doença. Além destes, todos os que apresentaram infecções sexualmente transmissíveis, receberam transfusão de sangue antes de 1994, utilizaram seringas de vidro ou compartilharam seringas e fizeram tatuagens em estúdios sem a licença da vigilância sanitária precisam também fazer o teste.

Tipos de Hepatite

 

As hepatites virais se subdividem em A, B, C, D e E. Fique atento às formas de prevenção e transmissão que as diferenciam.

Hepatite A: Transmite-se através da ingestão de água ou alimentos contaminados e do contato direto com pessoa infectada. Existe vacina para prevenção;

Hepatite B: Transmite-se através de relações sexuais desprotegidas, compartilhamento de objetos contaminados como agulhas, alicates e cortadores de unhas e de forma perinatal (de mãe para o filho). Existe vacina segura para prevenção;

Hepatite C: Transmite-se também através de objetos pessoais contaminados, pela via perinatal e transmissão por transfusão de sangue infectado. Não há vacina e seu tratamento teve grande evolução através do uso de medicamentos que hoje têm taxa de cura de 95%;

Hepatite D: Transmite-se por todos os fatores da hepatite C e a sua prevenção é através da vacinação da hepatite B que, de forma indireta, previne contra a Hepatite D;

Hepatite E: Transmite-se também por alimentos contaminados e não existe vacina para prevenção. É pouco comum no Brasil e o tratamento passa pelo repouso completo.

 

Salão de beleza              

Visto que boa parte das hepatites tem como transmissão o uso de instrumentos usados em salões de beleza como alicates, cortadores de unha e palitos de madeira, é preciso ficar atento aos cuidados com a higiene ao fazer mãos e pés nesses locais. Ficar atento a esterilização e ao descarte correto dos materiais é de grande importância para sua saúde. O ideal mesmo é levar seu próprio material. Isso protege contra a transmissão tanto da hepatite como também de outras doenças.