IMPRENSA

notícias

05/07/2019

Vai torcer? Cuidado com o seu coração

Brasil e Peru se enfrentam neste domingo (07/07), ás 17h, no Maracanã, pela final da Copa América 2019. O último título do Brasil no torneio sul-americano foi em 2007 e a iminência da vitória pode deixar milhões de brasileiros apreensivos e tensos por todo o país.

 

A ocasião é especial, mas nem por isso devemos deixar a saúde de lado. Segundo a cardiologista e arritmologista do Hospital Aliança, Dra. Luciana Cunha, o ato de torcer apaixonadamente pode trazer riscos à saúde, especialmente nas pessoas que já possuem problemas cardiovasculares ou problemas associados como a hipertensão.

 

“Os apaixonados por futebol passam por momentos de stress intenso durante uma partida, ainda mais se for uma final de Copa, com liberação intensa de adrenalina, noradrenalina e cortisol, que traz efeitos como coração acelerado, boca seca, pressão mais alta. Em pessoas propensas a doenças cardíacas ou cardiopatias conhecidas, esses efeitos podem levar a crises hipertensivas, arritmias, ruptura de placas de gordura levando ao infarto ou acidentes vasculares cerebrais. ”

 

Com isso, a especialista listou alguns cuidados importantes na hora de vibrar pela seleção. “Estar com os exames cardiológicos de revisão em dia e com resultados satisfatórios, manter as medicações que já estiverem prescritas, evitar o consumo de álcool de forma aguda, evitar o tabaco e o consumo de comidas salgados e gordurosas que são comuns nos estádios e restaurantes, é importante para esses momentos de stress previsível”.

 

Além disso, Dra. Luciana Cunha orienta manter a calma e tentar a encarar a disputa de uma forma mais leve e na companhia de pessoas tranquilas. Afinal, seu coração deve estar sadio para que a paixão pelo futebol se estenda por muitos e muitos anos.